Novidades | EUA declara que eleição vencida por Putin não atendeu aos padrões de liberdade e justiça.

| EUA declara que eleição vencida por Putin não atendeu aos padrões de liberdade e justiça. |

EUA declara que eleição vencida por Putin não atendeu aos padrões de liberdade e justiça.


REPRODUÇÃO/DIVULGAÇÃO

Compartilhe:



EUA declara que eleição vencida por Putin não atendeu aos padrões de liberdade e justiça.

No último domingo, a Casa Branca emitiu um comunicado declarando que as eleições na Rússia não foram consideradas livres nem justas. Segundo resultados preliminares divulgados pela TV estatal russa, Vladimir Putin venceu com aproximadamente 88% dos votos. O governo dos Estados Unidos também denunciou que Putin deteve opositores e impossibilitou a participação de outros candidatos no pleito.

Os únicos concorrentes de Putin foram autorizados pelo próprio presidente por serem considerados “amigáveis” ao Kremlin. Com essa nova vitória, Putin, que governa a Rússia há 24 anos, permanecerá no poder até 2030. A eleição gerou críticas, inclusive do presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, que acusou o líder russo de simular o processo eleitoral para se manter no poder.

A oposição na Rússia enfrenta forte repressão, com casos como a morte repentina do líder Alexei Navalny em fevereiro. Navalny, que tentou concorrer contra Putin em 2018, teve sua candidatura negada. Outros opositores foram impedidos de se candidatar, gerando críticas e pedidos por parte da viúva de Navalny para que os russos votassem contra Putin.






Recomendamos


Outras Novidades





Mais Recentes